terça-feira, 18 de setembro de 2012

Como contabilizar a venda de um ativo imobilizado

A contabilização da venda de uma ativo pode ser complicada para quem não está acostumado, porém, com a prática, este procedimento contábil torna-se tão fácil e rotineiro quanto os outros.

Para tal, vamos considerar a venda de um veículo em 31/12/X3 que foi adquirido em 31/12/X1 por R$ 30.000,00. A depreciação de um veículo é de 20% ao ano.


Valor de aquisição: R$ 30.000,00
Período a ser depreciado: 2 anos
Taxa de depreciação: 20% ao ano
Valor a ser depreciado por ano: (R$ 30.000,00)*20% = R$ 6.000,00
Depreciação acumulada em 31/12/X3: (R$ 6.000,00)*2 = R$ 12.000,00

Valor residual em 31/12/X3: (R$ 30.000,00)-(R$ 12.000,00) = R$ 18.000,00


Considera-se que o veículo foi vendido em 31/12/X3 por R$ 23.000,00.

Valor de venda: R$ 23.000,00
Valor residual: R$ 18.000,00

Ganho de capital sobre a venda: (R$ 23.000,00)-(R$ 18.000,00) = R$ 5.000,00


Neste caso, verificamos que o veículo foi vendido com 2 anos de uso e mesmo assim o valor de venda foi maior que o valor residual encontrado nas contabilizações da empresa, perfazendo assim um ganho de capital de R$ 5.000,00. Vamos ver como contabilizar agora esta venda.

Venda

D - Caixa ou Banco - 23.000,00
C - Venda de Imobilizado - 23.000,00
Histórico - Venda de Ativo Imobilizado referente à veículo X em 31/12/X3

Custo na venda do ativo

D - Custo na venda de imobilizado - 30.000,00
C - Veículos - 30.000,00
Histórico - Baixa de veículo X vendido em 31/12/X3

D - Depreciação Acumulada Veículos - 12.000,00
C - Custo na venda de imobilizado - 12.000,00
Histórico - Baixa de depreciação acumulada referente ao veículo X vendido em 31/12/X3

Apuração do Ganho de Capital

D - Venda de Imobilizado - 18.000,00
C - Custo na venda de imobilizado - 18.000,00
Histórico - Apuração de resultado referente à venda de veículo X em 31/12/X3

Feito estes lançamentos, concluímos então a venda de uma ativo imobilizado. O saldo de R$ 5.000,00 que estará presente na conta de receita com Venda de Imobilizado deverá ser tributado pelo IRPJ (Imposto de Renda) e CSLL (Contribuição Social). A incidência destes impostos deverá ocorrer sempre que for apurado ganho de capital na venda de qualquer ativo imobilizado.

Os lançamentos contábeis deverão ser basicamente os mesmos, alterando apenas a conta onde esteja o bem a ser vendido ou alienado.